tag

FALAR DE BATAVO É FALAR DE TRADIÇÃO E QUALIDADE

A marca nasceu mesmo em 1928, mas, na verdade, a nossa história começou bem antes, lá em 1911, quando as primeiras famílias de holandeses vieram ao Brasil, e se estabeleceram na região de Carambeí, no estado do Paraná. E, pra gente, isso não poderia ter sido melhor. É que as famílias holandesas que se instalaram por aqui trouxeram consigo uma paixão passada de pais para filhos: a arte da produção leiteira. Profundos conhecedores de cada detalhe dessa arte, eles começaram a produzir leite por aqui e deram início ao processamento artesanal de queijos e manteiga nas nossas terras. O sucesso foi imediato, e o crescimento natural: em 1925, quatro pequenas fábricas se uniram para produzir uma média de 700 litros de leite por dia! Decidiram então criar uma cooperativa de produção leiteira no Brasil. Era o nascimento da Sociedade Cooperativa Hollandeza de Lacticínios, que distribuía leite, queijo e manteiga nas regiões de Curitiba e de São Paulo. Foi aí que a gente nasceu: em 1928, a marca Batavo foi criada pela Cooperativa, com o nome inspirado em uma região histórica, a Batávia, que fica na província de Guéldria, nos Países Baixos, e foi a origem da grande maioria das famílias holandesas que estavam por aqui. Um pouco mais tarde, em 1941, “Batavo” passou também a fazer parte do nome da Cooperativa, que, de Sociedade Cooperativa Holandesa de Laticínios, passou a se chamar Cooperativa Agropecuária Batavo Ltda.

O CRESCIMENTO NÃO PAROU.

Em 1943, com a chegada de novos imigrantes no país, a Cooperativa continuou se expandindo e incluiu em seu quadro também a Cooperativa Central de Laticínios do Paraná e a Cooperativa Agropecuária de Arapoti. Com isso, começamos a ampliar a nossa produção e entregar nossos produtos para ainda mais famílias. Daí em diante, só novidades legais: a inclusão da área de carnes (avicultura e suinocultura), na década de 70, que transformou a Cooperativa em um dos maiores complexos agroindustriais de alimentos do país. Em 1980, a série de investimentos em produção e tecnologia que transformaram a cooperativa em uma das organizações modelo do segmento. Em 1996, o acordo com a Agromilk, sociedade composta por cooperativas de produtos laticínios, em Santa Catarina. Em 1998, o acordo com a Parmalat, que deu origem à Indústria de Alimentos Batávia S.A, detentora da marca Batavo.

Muita coisa havia mudado, mas todo esse crescimento não desviou o foco daqueles que eram nossos principais valores: o cuidado com cada etapa de produção e a qualidade de cada um dos produtos. Afinal, todos os envolvidos entendiam que aquilo era o que realmente explicava o nosso sucesso e crescimento.

E foi justamente esse cuidado que pautou o futuro do Grupo: em 1999, investimos e lançamos diversos produtos, desde leites, iogurtes e queijos, até molhos prontos e sobremesas lácteas. No ano 2000, a Perdigão Agroindustrial assumiu a gestão da empresa na divisão de carnes. Em 2005, nossa preocupação em continuar inovando ficou evidente na ampliação do nosso portfólio, principalmente no segmento de refrigerados e de sobremesas, investindo em novos produtos e sabores para a família. Em 2006, a Perdigão S.A adquiriu o controle acionário da empresa e, em seguida, o controle total da marca Batavo. Quando Perdigão e Sadia se uniram para criar a BR FOODS, a Batavo continuou crescendo e diversificando sua linha de produtos, indo inclusive para novas categorias de mercado. Em 2014, a francesa Lactalis, maior empresa do setor de leite e derivados do mundo, adquiriu a divisão láctea da Brasil Foods.

Assim, chegamos até aqui: uma história longa, fazendo o que a gente ama e sabe, e prestando a máxima atenção em cada detalhe de cada etapa da nossa produção. O tempo passa, a gente cresce, mas a nossa paixão não muda!

E QUE VENHAM OS PRÓXIMOS 80 ANOS!